Clínica Média, Angiologia, Acupuntura, Fisioterapia, R.P.G., Nutrição, Botox, Depilação a Laser, Criolipólise, Carboxiterapia, Estética Médica e Dermato-Funcional | Taquara - Rio de Janeiro

ANGIOLOGIA (Escleroterapia – Tratamento de microvarizes)

escleroterapia1-370x278

A escleroterapia é um tratamento feito pelo médico (especialista em angiologia) para eliminar ou diminuir as varizes que pode ser feito a laser, com espuma ou com glicose.

O tratamento é conhecido popularmente como aplicação para varizes e baseia-se em injetar diretamente na variz uma substância química, como mostra a imagem.

A escleroterapia química é feita no consultório médico de angiologia, dura cerca de 20 minutos e não necessita de anestesia. Se o tratamento for para tratar varizes pequenas, os resultados podem ser visíveis em cerca de 3 a 6 semanas. Em veias muito grandes pode ser necessário esperar cerca de 3 a 4 meses.

Como funciona a escleroterapia (angiologia)

A escleroterapia de varizes funciona de forma simples. O médico angiologista faz várias aplicações de injeção com espuma ou com glicose diretamente na variz com o objetivo de eliminar as varizes menores e ir diminuindo o tamanho das maiores.

A substância utilizada é chamada de esclerosante e a mais utilizada é a glicose, que não traz muitos efeitos secundários porque é lentamente reabsorvida pelo organismo.

Quando a substância esclerosante entra na veia, ela faz com que ocorra uma irritação, fazendo com que a veia se contraia e feche, desaparecendo com o tempo. Assim que o médico remove a agulha, ele faz compressão, massageia o local e aplica uma compressa no local da injeção para manter a zona comprimida.

Após a escleroterapia de veias, o sangue não pode mais entrar na veia tratada, o que evita a formação de novas varizes no mesmo local.

A escleroterapia dói?

A escleroterapia pode provocar dor ou desconforto quando a agulha é inserida na veia ou depois quando o líquido é inserido, uma sensação de queimação no local. No entanto, esta dor costuma ser suportável.

Cuidados na escleroterapia

Os cuidados na escleroterapia devem ser adotados antes do procedimento e depois. No dia anterior à escleroterapia, deve-se evitar fazer a depilação ou aplicar cremes nas pernas.

Após a escleroterapia, recomenda-se que a mulher use uma meia de compressão elástica, tipo Kendall, durante o dia, por pelo menos 2 a 3 semanas, evitar exercício físico exaustivo durante 2 semanas após o procedimento, assim como evitar a exposição solar durante este tempo.

Apesar do tratamento ser eficaz, a escleroterapia, não impede a formação de novas varizes, e se o indivíduo não tiver cuidados como usar sempre a meia elástica e permanecer muito tempo de pé ou sentado, outras varizes poderão aparecer.

Efeitos colaterais da escleroterapia

Os efeitos colaterais da escleroterapia incluem sensação de queimação no local imediatamente após a injeção, que tende a desaparecer em algumas horas, formação de pequenas bolhas no local, manchas escuras na pele, hematomas, que surgem quando as veias são muito frágeis e tendem a desaparecer espontaneamente, inchaço e reações alérgicas à substância esclerosante.

_____________________________________________________________________________

ATENDEMOS TAMBÉM NAS ÁREAS DE : CLINICA MÉDICA, ANGIOLOGIA, ACUPUNTURA, FISIOTERAPIA PILATES, R.P.G., NUTRICIONISTA, ESTÉTICA MÉDICA (BOTOX, PREENCHIMENTO, DEPILAÇÃO A LASER) E DERMATO-FUNCIONAL (CARBOXITERAPIA, CRIOLIPÓLISE, ENDERMOTERAPIA, DRENAGEM LINFÁTICA, MASSOTERAPIA, PEELING CRISTAL DIAMANTE, TRATAMENTO DE ACNE MANCHAS OLHEIRAS…)

AV NELSON CARDOSO 1149 SALAS 605 E 606, TAQUARA, JACAREPAGUÁ.
TEL 30870172 E 24434082
ATENDEMOS EM TODA ZONA OESTE – TRAQUARA, PECHINCHA, FREGUESIA, ANIL, TANQUE, CURICICA, VARGEM GRANDE, VARGEM PEQUENA, RIO 2, RIO CENTRO E BARRA DA TIJUCA)


 


Pesquisar